blog do Preto


Rede Globo, o lixo de sempre

                                                                     

Acabo de assistir uma matéria no Esporte Espetacular da Rede Globo sobre a eliminação da seleção brasileira na Copa da África do Sul. Como de costume, fizeram uma análise equivocada e sairam à caça dos culpados. Depois de apontar o dedo para a falta de opções no banco de reservas, de criticar a forma física de Kaká, depois de criticar o estabanado Felipe Melo, depois de questionar a não convocação de Ronaldinho Gaúcho e um ou outro jogador circense do Santos Futebol Clube, a rede Globo concluiu que o responsável único pelo fiasco foi o comandante da equipe. O técnico Dunga. Parece óbvio, parece lógico, ainda mais em se tratando de um desafeto declarado, que ao longo do mundial travou verdadeiras batalhas contra a emissora.

E assim a Globo tratou de culpá-lo por tudo que houve de errado. Apontou seu dedo suspeito para o técnico acusando-o ainda de militarizar a seleção brasileira. Ok! O que a Globo se esquece premeditadamente de apontar é que por trás do ineficiente técnico Dunga existe um culpado de fato por tudo isso. Pois existe uma entidade dirigida por um equivocado e suspeito mandante supremo que, com arrogância e métodos pouco democráticos, coloca quem bem entende no comando da seleção e faz inúmeras besteiras ao comandar o esporte da paixão nacional. Este senhor, que já fora alvo de matérias jornalísticas da emissora, questionando seus métodos e sua honestidade, é quem de fato coloca Dunga na direção da equipe. É este senhor, de nome Ricardo Teixeira que celebra contratos de exclusividade com a Rede Globo, que realiza jogos de futebol no horário posterior à novela da Globo e que deveria ser alvo de indagações do jornalismo esportivo da emissora. Mas do contrário, é convidado de Galvão Bueno em seu insosso programa Bem Amigos pra esculachar juntos, apresentador e convidado, o técnico demitido. Este déspota que há décadas manda na entidade máxima do futebol brasileiro, e que trama nos bastidores a exclusão de um estádio de futebol plenamente apto a sediar jogos de Copa do mundo no Brasil, não recebe sequer uma crítica sobre as razões da escolha do mesmo Dunga pra levar adiante o sonho do Hexa. A Globo se cala. Assim como arquivou a tal reportagem de um já longínquo Globo Repórter sobre a trajetória cheia de sujeira do manda-chuva da CBF. A Globo prefere atacar um pobre diabo como o Dunga. A Globo chuta cachorro morto e adula quem de fato deveria ser alvo de críticas severas.



Escrito por Preto às 13h18
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]
 
Histórico


Votação
Dê uma nota para
meu blog



Outros sites
 Olivia de perto